Conecte-se conosco

Sentinelas 15:55h

40 anos sem Elis Regina

Publicado

em

Sentinelas da Tupi Especial Elis Regina
Sentinelas da Tupi Especial Elis Regina (Foto: Erika Corrêa/ Divulgação: Super Rádio Tupi)
Sentinelas da Tupi Especial Elis Regina

Sentinelas da Tupi Especial Elis Regina (Foto: Erika Corrêa/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

 

Águas de Março, Como Nossos pais, O Bêbado e o Equilibrista, Estes  são alguns dos tesouros da Música Popular Brasileira que receberam o brilho particular com as intepretações majestosas de Elis Regina, uma das melhores cantoras do Brasil.

 

Há quarenta anos, o país perdia a presença física desta grande artista, mas o legado deixado por ela é imensurável.

 

Hoje, o Sentinelas da Tupi saúda Elis Regina.

Elis Regina, chamada carinhosamente de Pimentinha, era gaúcha e revolucionou a música brasileira com sua belíssima voz e interpretações marcantes em diversos gêneros musicais. Foram quatro milhões de discos vendidos em 18 anos de carreira. Elis faleceu no auge do estrelato, no ano de 1982, aos 36 anos, vítima de uma parada cardíaca. O produtor musical, Leonardo Rivera, fala que Elis foi um farol da canção brasileira por ter aberto o caminho para tantas cantoras, e conta um pouco da trajetória da artista.

 

O cantor e compositor Roberto Menescal relembra que Elis era movida a desafios.

 

A jornalista e comunicadora Cidinha Campos, que foi amiga da cantora ressalta o talento único e o temperamento inconstante de Elis.

 

Elis teve três filhos: a cantora Maria Rita, o cantor, compositor e instrumentista Pedro Mariano e o produtor e crítico musical João Marcelo Bóscoli. João Marcelo tinha 11 anos quando a mãe faleceu. João fala do orgulho que sente de ser filho de um dos maiores nomes da música brasileira.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com