Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Casos suspeitos de Covid entre funcionários da Supervia podem afetar serviços da empresa

Publicado

em

Trem da Supervia
Trem da Supervia (Foto: Cyro Neves / Super Rádio Tupi)
Trem da Supervia

Trem da Supervia (Foto: Cyro Neves / Super Rádio Tupi)

Tendo em vista o aumento de casos de sintomas semelhantes aos da covid-19 entre os funcionários da Supervia nos últimos dias, a concessionária precisou afastar 110 colaboradores temporariamente das atividades até que eles possam ser testados.

Em nota, a SuperVia disse que comunicou o fato ao Governo do Estado e à Agetransp (agência reguladora do transporte), e afirmou que segue em contato com o poder público para que se encontre uma forma de ampliar a testagem dos colaboradores a fim de mitigar os efeitos da propagação da covid-19, o que pode afetar, segundo a empresa, a regularidade e continuidade do serviço dos trens, já que o esgotamento dos testes nas redes de saúde pública e particular atrasa o retorno desses colaboradores às atividades.

A maior quantidade de casos foi registrada entre as equipes que trabalham nas estações e os maquinistas. Por isso, temporariamente, a concessionária está fazendo adequações no serviço. Os casos, no entanto, voltaram a ocorrer em função da nova variante do coronavírus.

Ainda segundo a Supervia, desde o início da pandemia, foram adotadas medidas para evitar a proliferação do coronavírus entre os funcionários, como a utilização de máscaras e álcool em gel.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.