Conecte-se conosco

Brasil

Levantamento da Fiocruz aponta novo aumento na ocupação de leitos em UTI para Covid

Publicado

em

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Imagem mostra nível de ocupação dos leitos de UTI desde julho de 2020

Imagem mostra nível de ocupação dos leitos de UTI desde julho de 2020 (Foto: Fiocruz)

Um boletim divulgado pela Fiocruz aponta um aumento nas taxas de ocupação dos leitos de UTI para pessoas com COvid-19 em 11 estados e no Distrito Federal.

De acordo com o levantamento, o maior aumento foi na capital brasileira, que também registrou a pior taxa de ocupação com 98%.

Na última semana, o índice era de 74%. O crescimento foi igual no Amapá. De 45% a ocupação de leitos intensivos passou para 69%.

Maranhão, Mato Grosso e Pernambuco registraram queda nas ocupações, entretanto, Pernambuco continua na zona de alerta, com 81% de ocupação.

Confira abaixo a lista de estados com ocupação crítica de UTI:

Distrito Federal (98% de ocupação)
Rio Grande do Norte (83% de ocupação)
Goiás e Piauí (82% de ocupação)
Pernambuco (81% de ocupação)
Espírito Santo e Mato Grosso do Sul (80% de ocupação)

Confira a lista de estados com nível de alerta intermediário:

Mato Grosso (78% de ocupação)
Tocantins (77% de ocupação)
Pará (76% de ocupação)
Amazonas e Ceará (75% de ocupação)
Roraima (70% de ocupação)
Amapá (69% de ocupação)
Bahia (67% de ocupação)
São Paulo (66% de ocupação)
Rondônia (65% de ocupação)
Rio de Janeiro (62% de ocupação)
Paraná (61% de ocupação)

Confira a lista de estados fora da zona de alerta:

Rio Grande do Sul e Maranhão: 57%
Alagoas e Santa Catarina: 53%
Acre: 45%
Paraíba e Minas Gerais: 28%
Sergipe: 25%

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com